banho de sol bebe

Banho de sol em bebê: benefícios, o que pode e não pode

Visto como vilão por muitos pais, o sol é um aliado da saúde dos bebês.

Sabe aquela noção de que é preciso proteger o bebê dos raios solares a qualquer custo?

Então, isso não procede!

O banho de sol em bebês é recomendado desde os primeiros dias de vida.

Claro que é preciso ter o famigerado bom senso – ninguém quer um bebê bronzeado ou com marquinha de fralda, certo?

Mas aqueles minutinhos de exposição solar para produzir vitamina D no organismo são super recomendados.

Vamos contar tudo sobre o banho de sol em bebês neste artigo. Siga conosco!

Por que os bebês precisam tomar banho de sol?

banho de sol em bebe

Isso pode ser novidade para alguns, mas o banho de sol não serve só para fazer a marquinha de biquíni. 

Pegar sol é super importante – tão importante que é recomendável até para bebês! 

A vitamina D se desenvolve a partir do contato do sol com a pele e é essencial para a formação óssea.

Quando está deficitária, pode causar problemas de saúde.

Nas crianças, a falta de vitamina D pode resultar em raquitismo, doença que se caracteriza pelo defeito de mineralização das cartilagens.

Opa, não entendeu nada?

Ok, traduzindo: o pequeno pode apresentar retardo no crescimento e deformidades ósseas.

Normalmente, os médicos indicam a suplementação oral da vitamina D, nesses casos.

Ah, e a vitamina D também está presente na carne vermelha, em ovos cozidos e em vários tipos de peixes, como a sardinha e o salmão.

Em tempo: é claro que, especialmente se tratando de bebês, a exposição ao sol precisa vir acompanhada de muitos cuidados.

A partir de quando os bebês podem tomar banho de sol?

Se não houver alguma indicação contrária do pediatra, o bebê já pode tomar sol a partir do primeiro dia de vida. 

Antes dos seis meses de idade, procure evitar a exposição direta ao sol.

O pequeno ainda é muito novinho, então, é melhor que receba a luz solar de forma indireta, através de chapéus, roupas e pela sombra do carrinho.

Após os seis meses, o bebê já pode tomar alguns banhos de sol, mas ainda de forma bem controlada, sem deixar de lado o protetor solar. 

Se o plano da família é dar uma volta ao ar livre, evite os horários de pico da radiação ultravioleta – das 10h às 16h. 

Fique na sombra e mantenha o bebê sempre hidratado, com roupas e acessórios adequados à estação.

banho de sol para bebe

Se por acaso o seu bebê tiver icterícia, condição bastante comum em recém-nascidos que deixa a pele do bebê amarelada, o banho de sol é ainda mais relevante!

Provavelmente, o aleitamento materno e a exposição solar não serão suficientes para suprir as necessidades de vitamina D do bebê.

Falaremos disso mais adiante!

14 principais cuidados: o que pode e o que não pode

1. O melhor horário para a exposição solar é das 7h às 10h ou após às 16h – é quando há menor incidência de raios solares que causam danos.

2. Bebês com menos de seis meses não podem usar nenhum tipo de protetor solar.

3. Se o bebê ficar exposto ao sol por longo período, ou fora dos horários recomendados, ele deve estar bem protegido contra o sol para evitar queimaduras, insolação e lesões, que podem culminar no desenvolvimento de câncer de pele na vida adulta.

4. Aliás, essa também é a recomendação para adultos, mas nem sempre os adoradores do verão e dos bronzeados se atentam a essas recomendações. Para os bebês, é muito importante segui-las, ok?

ebook berçário portal

5. O tempo do banho de sol do bebê também é curtinho – de 5 a 10 minutos no corpo todo ou de 30 minutos, caso somente as perninhas e os bracinhos estejam expostos.

6. Bebês mais “velhos”- com mais de seis meses de idade – podem usar protetor solar infantil, conforme a idade. Consulte o seu pediatra para que ele prescreva o ideal para o seu bebê.

7. Se estiver muito calor, o bebê pode ficar com pouca roupa.

8. Em todos os casos, é preciso proteger o rostinho e a cabeça do bebê – são partes sensíveis que não devem pegar sol diretamente.

9. Também fique atento à posição – não deixe o bebê parado em uma posição para evitar que pegue sol em maneira desigual do corpo.

10. Se ele estiver no seu colo, se mova. Caso esteja em um carrinho, vá trocando o berço ou o próprio bebê de posição.

11. Procure locais calmos e com pouca movimentação de pessoas. Nessa idade, os bebês ainda não tomaram todas as vacinas e estão mais suscetíveis a infecções e vírus.

12. Se você escolher tomar sol junto ao bebê em uma janela, certifique-se de que ela está aberta: o vidro pode absorver a maior parte dos raios solares.

13. Após os 2 anos do bebê, o recomendável é estimular brincadeiras ao ar livre, com roupas que facilitem a exposição ao sol – manga curta e bermuda, por exemplo.

14. Além disso, uma alimentação balanceada é super importante – não só para a vitamina D, mas para o crescimento saudável da criança.

vitamina d para bebes

Mesmo que você proteja seu bebê, é possível que o banho de sol cause algumas reações alérgicas. 

Se a pele do bebê ficar avermelhada, é preciso acionar um pediatra, ok?

9 benefícios do banho de sol na medida certa para bebês

  1. Diminui a predisposição a desenvolver depressão.
  1. Auxilia no crescimento saudável dos ossos e dentes.
  1. Previne raquitismo, retardo no crescimento e deformidades ósseas.
  1. Reduz a incidência de doenças cardiovasculares.
  1. Ajuda no desenvolvimento cognitivo.
  1. Aumenta a imunidade.
  1. Diminui a bilirrubina, substância que provoca icterícia.
  1. Aumenta a absorção de fósforo e cálcio.
  1. Aumenta a produção de renina, o que previne o diabetes.
sol para crianças

O que a falta de vitamina D pode causar no bebê?

Além do banho de sol, é possível suprir a falta de vitamina D por meio da alimentação. 

Na infância, isso também ocorre por meio do aleitamento materno

Não consegue amamentar? Veja neste artigo 5 dicas para superar esse desafio e não se sentir culpada.

Mas preste atenção: apesar de o leite materno ser, no início da vida de uma criança, toda a alimentação que ele precisa, é preciso ficar atento à suplementação da vitamina D.

Caso seja muito difícil dar um banho de sol no bebê, devido à rotina ou ao local onde a família mora, pode ser interessante oferecer a suplementação.

Consulte um pediatra, claro, antes de tomar qualquer decisão, certo?

Geralmente, essa suplementação já é prescrita nos primeiros dias de vida do pequeno. 

É possível adquirir a vitamina D isolada, em diferentes formas – líquida, em gotas ou em cápsulas. 

O bebê precisa ter vitamina D em quantidade apropriada para absorver cálcio e promover o crescimento dos ossos.

Como já mencionamos, o déficit de vitamina D pode causar raquitismo.

De acordo com os médicos, a insuficiência de vitamina D também está associada ao câncer, à esclerose múltipla, a doenças cardiovasculares, à obesidade e à diabetes.

Roseli Sarni, a ex-presidente do Departamento Científico de Nutrologia e coordenadora do programa de aprimoramento em Nutrologia Pediátrica da Sociedade Brasileira de Pediatria, defende que crianças com menos de um ano recebam complementação diária de 400 UI (unidades internacionais)

Já bebês de um a dois anos devem receber suplementação de 600 UI diariamente. 

Pediatras defendem que essa suplementação seja feita obrigatoriamente em bebês com menos de dois anos. 

Isso porque há estudos que apontam que a vitamina D, além de ser crucial para a fixação do cálcio, também participa da regulação de 3% do genoma humano.

Isso quer dizer que o nutriente desempenha papel estratégico na atividade dos sistemas imunológico, metabólico e cardiovascular.

Na dúvida, sempre consulte um profissional

Se mesmo depois de ler esse artigo, você ainda tiver dúvidas, não hesite em procurar o seu pediatra. 

O banho de sol no bebê pode ser benéfico, desde que os responsáveis sigam alguns cuidados. 

E o mesmo vale para os adultos: é preciso observar várias precauções para evitar queimaduras e até consequências mais graves no futuro.

Quer receber mais conteúdos sobre educação de bebês e crianças?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.